Atualmente muitas empresas estão preocupadas em manter a presença ativa nas redes sociais, logo que a concorrência também anda por lá e os acessos a conteúdos digitais cresce a cada dia. Devido à alta audiência desses canais as próprias plataformas criaram meios para incentivar a publicidade online, através de contas empresariais, anúncios, catálogos e stories. Além de tudo isso é fácil criar conteúdos e publicar, porém será que todas as marcas estão preparadas para uma possível crise nas redes sociais?

Lembre-se que uma vez postado o conteúdo nunca será apagado, isso porque você pode até mesmo excluir o post ou editá-lo, mas sempre haverá um print para que a “gafe” viva para sempre! Além disso, uma publicação pode viralizar em segundos e atingir proporções estratosféricas, tanto para o lado positivo como negativo. Lembre-se que não há como saber se uma publicação irá viralizar ou não, simplesmente acontece. Portanto, é necessário tomar alguns cuidados para manter a reputação em dia e não errar no posicionamento.

Casos como a de uma marca que fez um post do Dia das Mulheres usando como referência o goleiro Bruno, foi de extremo mal gosto, gerou repulsa por parte dos internautas e a empresa teve que se retratar publicamente, além de excluir a publicação e arcar com o prejuízo em vendas. Outra marca, a grife cearense Couro Fino publicou um ensaio de uma modelo infantil usando jóias e maquiagem. As fotos “adultizadas” geraram protestos e reclamações. O Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) recomendou a suspensão da campanha e a marca publicou uma nota de esclarecimento no Facebook pedindo desculpas. A Cacau Show também já teve que gerenciar uma crise quando publicou uma capa na fanpage pedindo aos usuários uma “lambida” na tela. A legenda dizia: “Descobrimos um novo recurso do Facebook que permite sentir o irresistível sabor do chocolate. Pode experimentar!”. A propaganda enganosa gerou revolta e logo a marca teve que se retratar.

Assim como essas mensagens, as que contém conotação racista, linguagem ofensiva, insensibilidade, falta de contexto e mal gosto tendem a gerar buzz negativo. Para tanto, é necessário estudar as estratégias a serem utilizadas e ter empatia.

Confira algumas dicas para evitar erros nas campanhas de marketing digital que podem colocar a sua marca em maus lençóis e procure evitá-los:

  1. Evite assuntos polêmicos, eles podem prejudicar a imagem da sua empresa!
  2. Responda rapidamente as críticas, se você não tem tempo, contrate especialistas.
  3. Preste atenção às regras gramaticais e de ortografia ao publicar.
  4. Prepare a sua equipe para eventuais crises.
  5. Mantenha a transparência.
  6. Evite defender partidos ou posições políticas.
  7. Alguns internautas são bem agresivos, não caia no jogo, mantenha a educação e a polidez.
  8. Se errar, seja humilde e peça desculpas.

 

Precisa de ajuda para gerenciar as suas redes sociais com profissionalismo e assertividade? Fale com um de nossos consultores

Para dúvidas e esclarecimentos, envie um e-mail para [email protected].

Até breve!

[avatar user=”Maira Hess” size=”thumbnail” align=”left” link=”www.buzzstation.com.br”]Escrito por Maira Hess[/avatar]

Públicitária e Assessora de Comunicação. Especialista em Inbound Marketing, Marketing Digital e Marketing de Conteúdo.