Um dos principais focos para o empreendedor é vender mais e tornar a empresa conhecida no mercado, afinal as vendas são responsáveis por manter o negócio funcionando. Para tanto é necessário divulgar a marca, afinal quem não é visto não é lembrado, porém nem todo negócio possui capital para investir em mídias tradicionais como TV, rádio e anúncios de revista.  A solução mais democrática e simples para essa questão é utilizar as redes sociais para impulsionar seus resultados em vendas.

O Facebook e Instagram, por exemplo,  são redes sociais que possuem ferramentas para divulgar produtos e serviços com muito resultado, atingindo  centenas, milhares e até milhões de pessoas. Uma boa estratégica é também promover a marca em outras redes sociais para ampliar a audiência, como o YouTube, o LinkedIn e o Snapchat personalizando a mensagem para cada canal. Dessa forma, mesmo sem verba será possível impulsionar os seus negócios na internet.

Além de ser uma forma barata, o marketing nas mídias digitais é excelente para aumentar o reconhecimento da marca e não é á toa que 83% do profissionais de marketing utilizam as mídias sociais para  impulsionar as vendas, de acordo com o ShortStack. Mas não adianta apenas estar nas redes sociais, é preciso saber se posicionar com estratégias certas para maximizar o impacto das ações de marketing. Vamos ao que interessa!

1- Escolha os melhores canais de comunicação

Assim como um plano de mídia tradicional em que são escolhidos os melhores canais de divulgação na TV, rádio ou revistas, de acordo com o orçamento disponível, o público-alvo da mídia, média de pessoas impactadas e horários para a inserção das campanhas de marketing é preciso avaliar após um planejamento em quais canais a empresa manterá seu foco, principalmente porque cada rede tem uma linguagem diferente e para não despender tempo e energia sem necessidade.

Se os clientes ficam motivados quando recebem contéudos e novidades pelo WhatsApp e nunca comentam nada no Twitter e simplesmente o perfil não cresce já é um sinal para começar a selecionar as redes certas para sua marca. Se precisar teste durante um tempo e avalie através do Google Analytics de onde vem o tráfego para o seu site.

2- Otimize os seus perfis

Preencha todo o seu perfil com informações coerentes ao seu tipo de negócio, aproveite os campos para ser objetivo e claro em relação aos objetivos da marca, serviços ou produtos ofertados. Lembre-se de manter a autenticidade, destacando os seus diferenciais.

Todos os textos também podem conter o SEO, ou seja, palavras-chave para otimização nas buscas possibilitando que os clientes encontrem a marca após uma breve pesquisa na internet.

 

3- Fuja do tradicional

As pessoas estão cansadas de serem impactadas pela mídia tradicional a todo momento, seja pelo outdoor na rua, no ponto de ônibus, na TV do metrô ou pela propaganda entre uma novela e outra em que a comunicação é unilateral, ou seja a marca apenas envia a mensagem, compre isso, compre aquilo. Nas redes sociais as pessoas podem se expressar, trocar informações, rir e se divertir, por isso busque utilizar uma linguagem mais leve e natural. Diferente das mídias tradicionais que entram na vida da pessoas sem pedir licença, as redes sociais mudaram a maneira de fazer marketing, buscando agregar valor a vida das pessoas. O caminho é criar conteúdos relevantes para o público, com uma linguagem própria, focar na troca de experiências e conhecimentos com o intuito de criar relacionamento.

Além de tudo dê voz ativa as pessoas, escute e responda os clientes com agilidade e simpatia, estimule o público com campanhas personalizadas, concursos e convite as pessoas a compartilhar o conteúdo com mais pessoas.

4-  Invista em campanhas patrocinadas

Alguma redes oferecem a possibilidade de impulsionar as publicações através de anúncios pagos por valores muito menores do que as mídias tradicionais como jornais ou revistas. Pode-se iniciar um patrocínio a partir de R$ 3,0 (três reais)0, isso mesmo, R$3,00!

As campanhas Ads podem ser segmentadas por uma infinidade de quesitos, localidade, gênero, idade, escolaridade, interesses, tipo de acesso, estado civil, profissão e por aí vai. Dessa forma, além de atingir o público certo para o seu negócio o investimento será muito menor. Uma dica extra é usar as funcionalidades para a exposição de produtos:  o Shopping no Instagram, o Shopify no Facebook e o catálogo no WhatsApp Business.

 

Quer vender pelas redes sociais? Crie os seus perfis nas redes sociais com o Marketing Buzz Station de forma integrada, otimizada e eficaz. Clique aqui para falar com um consultor!

Tem alguma dúvida? Envie um e-mail para [email protected]

Até breve!

[avatar user=”Maira Hess” size=”thumbnail” align=”left” link=”www.buzzstation.com.br”]Escrito por Maira Hess[/avatar] Públicitária e Assessora de Comunicação. Especialista em Inbound Marketing, Marketing Digital e Marketing de Conteúdo.